O que é um Hidrante? Seus tipos, trabalho, componentes e codificação

O que é um Hidrante? Seus tipos, trabalho, componentes e codificação

O que é um Hidrante? Seus tipos, trabalho, componentes e codificação

Um hidrante é um ponto de conexão visível colocado em locais definidos para os bombeiros acessarem um suprimento de água. Todos os edifícios, parques de estacionamento, bermas de estradas, minas, zonas industriais, etc. devem ter bocas de incêndio com ligação à rede de abastecimento de água.

Eles são projetados para fornecer a água necessária aos bombeiros instantaneamente para combater e extinguir um incêndio. Até o século 18, foram usados ​​hidrantes subterrâneos. No entanto, a partir do século 19, os hidrantes de incêndio do tipo pilar acima do solo tornaram-se populares e mais usados.

Um hidrante é basicamente um tubo com o controle de uma válvula através da qual a água flui de um cano principal para apagar um incêndio.

Finalidade e usos de Hidrantes

O objetivo principal dos hidrantes é fornecer água para suprimir o fogo. No entanto, eles podem ser usados ​​para vários fins secundários, como:

  • Descarga de Linha: Devido à sua alta capacidade de fluxo e facilidade de operação, os hidrantes podem ser usados ​​para lavar as linhas principais do sistema de distribuição;
  • Sistema de Teste: Para testar a capacidade hidráulica do sistema de distribuição, podem ser utilizados hidrantes;
  • Outros usos comuns: Os hidrantes também são frequentemente usados ​​como fonte de água para trabalhos de construção comercial, limpeza de esgoto, construção de ruas, limpeza de ruas, etc;

Funcionamento de um hidrante

O que é um Hidrante? Seus tipos, trabalho, componentes e codificação

Hidrantes com uma variedade de válvulas e pontos de conexão são vistos em muitos lugares. Em caso de início de incêndio, os bombeiros localizam os hidrantes, conectam suas mangueiras e bombeiam um grande volume de água pressurizada para apagar o incêndio.

Uma chave pentagonal especial é usada para remover a tampa da válvula do hidrante. Depois de colocar as mangueiras, os bombeiros abrem a válvula para a água escoar.

Leia também:  Quais são os alimentos macrobiótica?

Eles geralmente têm um ponto de conexão para conectar uma mangueira de incêndio e uma porca ou parafuso para ligar o que iniciará o fluxo. Cada hidrante é essencialmente apenas um acessório para a linha de água principal.

Abaixo disso, conecta a válvula do hidrante através de um tubo chamado riser. No entanto, os hidrantes normais não alteram a pressão ou o fluxo da água de forma alguma. Eles funcionam como válvulas para que os bombeiros possam utilizar a pressão já existente nas tubulações de água.

Embora tudo isso possa parecer simples, a mecânica interna de um hidrante é um pouco mais complexa e pode variar de acordo com a região.

Tipos de hidrantes

Existem dois tipos de hidrantes; Hidrante molhado e Hidrante seco.

Hidrante molhado

Hidrantes úmidos são muito utilizados em locais onde não há problema de congelamento. Em tais tipos de sistemas de hidrantes, a água no cano principal abastece o hidrante próximo à superfície. Portanto, em condições de clima frio, é suscetível ao congelamento.

Hidrante seco

Um sistema de hidrante seco armazena a água abaixo do solo. A temperatura da Terra é geralmente mais alta do que a temperatura do ambiente frio em regiões frias. Portanto, a possibilidade de congelamento pode ser evitada por esse arranjo.

Quando é necessário usar o sistema de hidrante seco, os bombeiros abrem uma válvula no topo do hidrante e engatam a mangueira nele. Isso faz com que a válvula de drenagem se abra dentro do hidrante. Isso permite a passagem da água que os bombeiros usam contra o fogo.

Diferença entre hidrante de barril úmido e hidrante de barril seco

As principais diferenças entre um hidrante úmido e um hidrante seco são mencionadas abaixo:

Leia também:  Justiça determina volta de Monique a prisão

Componentes de um sistema de hidrantes

Os principais componentes que constituem um sistema de hidrantes são:

  • Bombas e acessórios para combate a incêndio;
  • Tubulação;
  • Painéis;
  • Válvulas de Assentamento;
  • Mangueiras;
  • Acoplamentos;
  • carretel de mangueira;
  • Tubos de ramificação e bicos;
  • Conexões do Corpo de Bombeiros;
  • Fiação e Instrumentação;
  • Válvulas de manutenção.

Código de cores de hidrantes

Seguindo os padrões da NFPA, todos os hidrantes são codificados por cores. Essas cores indicam o fluxo esperado durante a operação. Normalmente, as tampas superiores dos hidrantes são pintadas. A tabela a seguir fornece as cores comuns de acordo com o fluxo.

Código de cores Fluxo Significado

  • Azul Claro/Azul: 1500 GPM Fluxo muito bom, adequado para aplicações industriais;
  • Verde: 1000-1500 GPM bom para fins residenciais;
  • Laranja: 500-999 GPM marginalmente adequado;
  • Vermelho: 500 GPM Baixo fluxo, inadequado.

Conclusão

Lembrando sempre que a Instalação e Manutenção da Rede de Hidrantes é importante ser feita de acordo com o tempo prescrito para um bom funcionamento.

Publicar comentário